Adele vai apoiar o fogo na torre Greenfell que deixou mais de 30 mortos e 79 feridos

post-title

Uma nova tragédia atinge Londres, na Inglaterra: o edifício residencial Grenfell explodiu em chamas na noite de 14 de junho, pelo menos 30 pessoas morreram e cerca de 79 ficaram feridas, das quais 24 estão hospitalizadas e 12 delas permanecem em um estado crítico

Seis corpos foram recuperados do prédio, e o restante permanece na torre devido ao risco de entrar no prédio. O responsável assegura que até agora nada foi confirmado que sugira que o fogo foi intencional. Por enquanto, a prioridade é resgatar e identificar as vítimas. Aqui tudo que você precisa saber até o momento da trágica noite de quarta-feira que a cidade viveu.

Mais de 200 bombeiros lutaram contra o fogo

No entanto, isso não foi suficiente, a torre foi rapidamente devorada pelo fogo; pessoas desesperadas pediam ajuda e usavam lanternas ou telefones celulares para enviar sinais de resgate das janelas do prédio.

Testemunhas afirmam ter visto moradores pulando do prédio de 24 andares, bem como pessoas jogando bebês e crianças através das janelas, na tentativa de salvar as crianças.

Londres exige justiça por possível negligência

Os vizinhos do edifício asseguram que em nenhum momento foi ouvido um alarme de incêndio. Também não se sabe o que aconteceu com os protocolos de emergência em vigor ou onde estavam os aspersores automáticos de água e os extintores de incêndio.

A tensão cresce e os manifestantes exigem respostas

A polícia iniciou uma investigação minuciosa sobre a causa do incêndio e estima-se que as autoridades levarão meses para identificar as vítimas desde que o incêndio chegou a mil graus centígrados.

A cantora Adele apareceu para confortar as vítimas

A estrela de Londres foi capturada por um usuário do Instagram oferecendo ajuda, abraçando e consolando parentes das vítimas. Entre o choro e o desespero, a cantora e seu marido Simon Konecki permaneceram no local da catástrofe por algumas horas.

Rainha Elizabeth e o Príncipe William visitaram os abrigos

O monarca de 91 anos visitou as vítimas alojadas no centro esportivo local em North Kensington, a oeste da cidade. Até agora, o relatório oficial é de 30 pessoas morreram.

Prisão para os responsáveis

Dentro das investigações, espera-se determinar as razões que causaram o incêndio e a razão pela qual ele se espalhou tão rapidamente. Neste momento, há várias manifestações sob o choro Justice to Grenfell! e a primeira-ministra Theresa May é acusada de fugir da responsabilidade após a tragédia.

Bonnie Tyler & Berlin - I Need a Hero & Take my breath away - TelediscoArteVideo (Dezembro 2019)


Top